Leilão de bancos e financeiras: o que é importante saber!

Cada vez mais os brasileiros se interessam pelo mercado de leilões de automóveis. Um dos leilões mais procurados, principalmente por pessoas que buscam um veículo para uso próprio, é o leilão de Bancos e Financeiras. Investir na compra de um automóvel é sempre um grande passo e nesse post você vai saber um pouquinho mais sobre os leilões de Bancos e Financeiras.

O que é um leilão de Bancos e Financeiras?

Quando um financiamento é realizado, o bem é de propriedade da instituição financeira até que todas as parcelas sejam quitadas. Se o comprador não consegue pagar as parcelas até o final o bem é retomado, por meio da entrega amigável ou por busca e apreensão, e vai a leilão para compensação dos valores devidos.

Então, no leilão de Bancos e Financeiras são encontrados carros provenientes de financiamento. Como nos outros leilões, a financeira estabelece um valor mínimo de arremate, existe a visitação para verificar as condições dos veículos, os interessados dão os seus lances e quem ofertar o maior valor leva o bem.

Uma outra dúvida que surge quando falamos dos carros de leilão de Bancos e Financeiras é sobre o seu estado de conservação. Afinal, os carros estão conservados ou sucateados?

Geralmente os carros provenientes de financiamento estão em boas condições de conservação. Em sua maioria, os veículos ligam, dão partida e são livres de sinistro. Então, o arrematante faz uma compra em que há pouca ou nenhuma melhoria a se fazer. Nos casos em que o antigo proprietário não investiu na manutenção do veículo ou em que o carro está sinistrado, o arrematante precisa realizar reparos. Por se tratar de carros retomados de financiamento, dificilmente sucatas estão presentes nos leilões de Bancos e Financeiras.

Comprar um carro no leilão de Bancos e Financeiras é um bom negócio?

Como a empresa detentora do bem deseja reaver o valor do financiamento do cliente inadimplente, esses veículos costumam ser leiloados por um valor bem abaixo do mercado. Chegando até 60% abaixo do preço da Tabela Fipe, obtendo uma taxa de custo-benefício muito maior do que os carros comprados em agência.

Para comprar no leilão de Bancos e Financeiras é importante procurar comitentes e leiloeiros que tenham uma história sólida e que tragam mais segurança para o seu arremate. Você pode adquirir um carro com toda segurança e infraestrutura com o Rogério Menezes Leiloeiro, que está há 31 anos no mercado de leilões. O Leiloeiro é intermediador de comitentes como Banco Santander, BV Financeira, Omni, entre outros.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *